5 Coisas que Jesus Fez nos Dias que Antecederam a Sua Crucificação

5. A Agonia no Jardim e a Traição


Slide 5 de 5

Mateus 26:36-56; Marcos 14:32-52; Lucas 22:39-53; João 18:1-12

Lucas nos conta que no Jardim do Getsêmani, Jesus está em tamanha angústia que está suando sangue. Não é o sofrimento físico que tem Jesus tão perturbado. Nem mesmo é a Sua morte. O que causa a angústia é a perspectiva de beber o cálice da ira de Deus. Jonathan Edwards diz bem:

“Cristo estava prestes a ser lançado em uma terrível fornalha de ira, e não era adequado que ele se lançasse nela de olhos vendados, sem saber o quão terrível a fornalha era. Portanto, para que ele não fizesse isso, Deus primeiro o trouxe e o colocou à boca da fornalha, para que ele pudesse olhar, ficar e ver suas chamas ferozes e furiosas, e pudesse ver para onde estava indo, e pudesse entrar voluntariamente nela e suportá-la pelos pecadores, sabendo o que era. Esta visão Cristo teve em sua agonia. Então Deus trouxe o cálice que ele deveria beber e o colocou diante dele, para que ele pudesse ter uma visão completa dele e ver o que era antes de tomá-lo e bebê-lo.”

Neste momento de aflição, Jesus busca a companhia de Seus discípulos. Mas eles adormecem. Isso prenuncia o abandono mais significativo que em breve virá. O ponto principal, no entanto, é que Jesus deve enfrentar a angústia do Getsêmani e da cruz sozinho. Somente Ele pode beber o cálice de tropeço.

A humanidade de Jesus está totalmente exposta no Jardim. Se podemos apontar um momento de “fraqueza” em Cristo, seria este. Ele permanece sem pecado, mas neste ponto está experimentando em Seu corpo a plenitude do que realmente significa assumir o nosso pecado. É aqui que Ele experimentará a nossa dor. No Jardim será o ataque de tentação que nenhum humano enfrentou desde então. É apropriado dizer que Ele foi tentado em todos os sentidos. Ver este cálice é o que faz Jesus orar: “se for possível, afasta de mim este cálice.”

Você consegue ouvir a oração de Jesus?

“Abba, você pode fazer qualquer coisa! Você pode afastar de mim este cálice? É possível redimir pecadores e ainda não sofrer o afastamento de você? É possível redimi-los de qualquer outra maneira que não seja eu sendo o portador do pecado.”

Não, ele não disse exatamente essas palavras. Mas esse é o apelo. É por isso que Ele está perguntando se é possível que o cálice passe.

Ele apela.

Silêncio.

Ele apela uma segunda vez.

Silêncio.

Ele apela uma terceira vez.

Silêncio.

Por que o silêncio? Porque não há outra maneira. Deus poderia ter escolhido não sacrificar Seu Filho em nosso lugar. Ele poderia nos deixar com nossa recompensa justa. Mas porque Ele havia determinado antes da fundação do mundo nos redimir — não era possível. Como John Stott disse, “O propósito de amor de Deus era salvar pecadores, e salvá-los de maneira justa; mas isso seria impossível sem a morte expiatória do Salvador.”

Essas ações finais antes da crucificação mostram o amor de Jesus pela humanidade e Sua dedicação ao Pai. Ao refletirmos sobre elas, que possamos lembrar novamente o que Cristo realizou em nosso favor.

ORAÇÃO RELACIONADA:

Crédito da foto: ©Getty Images/rudall30

Últimos Destaques

WeCreativez WhatsApp Support
Participe das promoções se fique por dentro de tudo sobre a Marcha em primeira mão!
👋 Olá, como posso ajudar?